Skip links

Coração e Sensibilidade

O que dá vida a Raiz de Portugal é o Coração e a Sensibilidade. Estes desejam honrar a Terra, o Céu, o Ser Humano e todas as formas de vida, promovendo o sentimento de pertença, segurança e confiança entre todos. Acima de tudo, desejamos fazê-lo

Sonho em Movimento

Raiz de Portugal deseja contribuir para o despertar de uma nova consciência, através da abertura do coração, convidando o ser humano a conhecer as suas vastas capacidades, competências e dons físicos, emocionais, mentais, espirituais e sociais. Deseja representar a acção que Humaniza a Espiritualidade e

Novo Estandarte

Acreditar e viver um sonho é caminhar, lado a lado, com o mistério da vida. É sentir uma semente divina a despertar e a ganhar vida dentro do coração. É gerar toda a magia da criação e da criança que aprende sobre o amor, a

O Nascer de um Sonho

Está a nascer um sonho. Um sonho que conta a história de uma Aldeia na Abrigada, em Terras de Portugal. O espírito desta Aldeia tem o dom de unir os vários mundos, juntando pessoas muito diferentes, num caminho de amor, de resiliência e de fé.

Fé e Abertura

A cada dia, o meu coração pede mais fé e abertura. E todas as vezes que sinto medo, cansaço ou frustração aprendo a parar e a tentar escutar a resposta a esta pergunta "Que parte de mim e da minha essência preciso de resgatar hoje?"

Todos os Santos

O maior acto de manifestação que podemos exercer sobre a Terra e sobre nós próprios é a Oração. Quanto mais se mergulha nesta Medicina e quanto mais se aprofunda a nossa relação com o Espírito Santo, melhor se compreende a força, o poder e a

Nova Forma

Sabes? Sinto que vêm aí tempos mais despertos e verdadeiros, se desejarmos descobrir uma nova forma de nos relacionarmos connosco próprios e com os outros. Quando algo triste nos acontece, a dor que essa situação nos traz, fica dentro de nós. E por causa disso,

Novo Território

Estamos a ser convidados a percorrer um novo território, onde o sentido de comunidade é o retorno à nossa Raiz. Tudo se renova, a todo o instante. E aqui e agora, acredito que a maior de todas as manifestações está em resgatarmos, desde a nossa

Reconhecimento

Se aprendo a reconhecer em mim, todos os seres que me rodeiam, aprendo a nutrir os círculos e os ciclos da vida. Neste processo abro caminhos dentro e fora de mim e devolvo claridade à linguagem ancestral dos meus sentidos. Com este reconhecimento, personalizo a minha

União do Colectivo

No centro do meu Universo existem os castelos da minha infância e que da areia geram montes e horizontes de descobertas interiores. As rosas são a vista para o meu centro de formação, que se abre e reacende a todo o momento em que decido